sexta-feira, 5 de novembro de 2010


Pensando bem, nunca tinha me passado pela cabeça que algum dia iria sofrer tanto por alguém, sofrer de amor, de paixonite. E agora vejo que seria bem melhor se tivesse pensado nisso antes, pra essa dor não se tornar este tormento que se tornou. Ainda achava que a vida amorosa era uma coisa fácil de lidar, que era pá e bola, e deu. Pensava ainda que se tu amasses, automaticamente serias amada. Que as pessoas seriam perfeitas assim como nos sonhos, filmes, e contos de fadas. Que as pessoas se moldariam aos nossos costumes, que fossem flexíveis. E hoje vejo que lamentavelmente não é assim, a vida não é tão fácil, nem mesmo tão amorosa. Á começar de que pra se apaixonar é um terror, um teste sem fim, quem nos quer, não queremos, e assim sucessivamente, e assim vai se formando um nó, que só com muita paciência e dedicação conseguimos desmanchar, nem pensando no pior inimigo ele não se desmancha facilmente, fica ali se exibindo, a espera de um coração corajoso para desmancha-lo. E quanto mais pensou mais ele aperta mais difícil fica de sair desse enredo de linhas, de vidas. Esse nó ao invés de nó era pra ser uma trança, que sabemos como desmanchar, que é fácil de fazer e fácil de desmanchar, mas não, tudo quando envolve sentimentos é mais difícil, é um nó. É um nó no estomago de ansiedade, um nó na cabeça de duvidas, um nó no peito de saudade, um nó, o amor é um nó.

(Escrito no dia: 8 de outubro de 2010)

11 comentários:

Inaí Souza disse...

Adorei o texto!
Idealizar, creio eu que esse seja o problema nas paixões.
Projetamos em alguém todos os nossos anseios e nem sempre eles são realizados naquela pessoa que, assim como qualquer outra tem defeitos e limitações.
Bj.
Estou seguindo! :)

Breno Campbell disse...

Blog MUITO LINDO, gostei de ler o seu blog ainda mais sendo escrito por você e não sendo postado outros textos. Amar é bom demais mas esquecemos que a outra pessoa é humana. Me segue ai, to te seguindo . *---*

Andressa Keka disse...

é ...
paixão,amor, essas coisas são tão complicadas de se falar, imagina de serem definidas né.
Infelizmente a gente sempre vai passar por isso, mas cabe a gente se valorizar, e saber que são coisas passageiras, e outras deixam marcas, mas que o tempo tira do foco um dia.

Aline Trogillio. disse...

Tem presente pra você no meu blog. Visite e aproveite: http://alinetrogillio.blogspot.com/p/selos.html. Um beijo e tenho orgulho de te seguir!

João Lenjob disse...

O Castelo do Poeta é um portal único, que veicula com devidas autorizações a arte, a moda, a fotografia e esportes alternativos em videos, textos, entrevistas, exposições e etc. Peço por gentileza que visite-o e que aprecie a arte de cada profissional em sua area e se gostar indique. O endereço é http://castelodopoeta.blogspot.com. Abaixo um poema meu. Espero que goste.

João Lenjob

Antes de Sua Alegria
João Lenjob

Eu sempre procurei o bem
Em todas as ocasiões
Você me fez de loucura e torpor
Você que nem sempre foi bem
Mas sempre me foi um amor
Agora não volto pra casa
Antes de sua alegria
Triste é que não a deixarei ficar
Mesmo não sendo dono da razão
E nem inventor de ilusões
Não peco, senão por rotina
Faço votos querida menina
Atravesso o mundo por seu coração.

Se você só me fosse bem
Talvez eu fosse melhor
E não deixaria mais sentir dor
Agora que volto pra casa
De onde sou, não existe prazo
A alegria não precisa de momento
Só precisa de você com ela
E assim prometo que também estarei.

Camila Fontenele disse...

A vida é um nó.

Um beijo ;*

Maíra Souza disse...

É desse jeito! =\

Angélica Medeiros disse...

É sempre assim. Um nó que temos que desatara cada dia que passa.
beijos

R;* disse...

Só quando entramos na vida amorosa que percebemos o quão difícil é...
Concordo com o cometario acima, não só o amor é um nó, mas a vida também!
e um nó que quando desatado termina em circulo; tudo que vai, volta!
Beeijo ;*

simone vauna monteiro disse...

Eu achava que sabia muito sobre o amor,hoje vejo que tenho muito a apreender,ou será que a sofrer!?

Distantes Sonâmbulos. disse...

Hahah some tudo que disse com um rosto feio e tudo que tem no texto vai se multiplicar hehe
Bem legal o blog e os textos e desculpe o comentario, mas não consegui evitar rsrsrsr