quarta-feira, 6 de julho de 2011

Vem do fundo


Aqueles dias que tu acorda e o primeiro pensamento é: “Esse dia vai ser bom.” – ponto final, nada a acrescentar, isso basta. Levanta da cama com um sorriso no rosto, dando bom dia, e distribuindo felicidade. O resto do dia de felicidade continua, regado as melhores músicas, de todos estilos – sou muito eclética – escutei de Lady Gaga a Chico Buarque. Dancei pela casa, e a minha felicidade era visível. Me pergunto porquê, nem eu mesma sei. Confesso que não fui dormir bem, confesso que dormi com medo e acordei várias vezes na noite, mas a ultima vez que acordei, foi a melhor, acordei bem, feliz, com esperança, com vontade de tudo. E pra melhorar o dia foi longo, longo e bom, coisa que há algum tempo atrás eu estaria rezando pra que passasse de um vez. Hoje foi diferente, são quase quatro da madrugada e eu to aqui, rezando pra que esse dia que na verdade já virou não termine, não tenho vontade de dormir, por medo de amanhã não acordar com toda essa felicidade e animo. Já fiz mil planos aqui sentada, já dei conselhos a quem precisava, já me diverti sem ao menos ir atrás de divertimento. E te digo mais, não vi o passarinho verde, nem o amarelo, muito menos o celeste, é felicidade pura, simples, que vem de dentro, do fundo.

4 comentários:

d. disse...

é tão bom se sentir assim. e comprova que as coisas são iguais todos os dias, mas a maneira como você acorda determina muuuitas situações.

muita cor, muito brilho pra você!

Banquete dos Mendigos disse...

nada como um dia depois do outro. é bom acordar e ler sobre alguém dançou de tudo em casa, mesmo sem motivo aparente. nietzsche já dizia: "nao confie em um deus que nÃo dança"...

Karoline disse...

Que ótimo que esteja assim!
Muito bom vir aqui no A-ntonieta e ler isso: "E te digo mais, não vi o passarinho verde, nem o amarelo, muito menos o celeste, é felicidade pura, simples, que vem de dentro, do fundo."

Beijinhos

Maíra Souza disse...

Tô precisando de um dia assim... =)
Teu blog ficou lindo com as mudanças!
BjO