segunda-feira, 4 de outubro de 2010

Aos poucos


E depois de dias longos e cinzentos, que pareciam me amarrar dentro de mim mesma, aos meus pior sentimentos, minhas piores dores. Vem chegando o calorzinho, um solzinho, uma liberdade, vem me desatando aos poucos,( por incrível que pareça, mas por alguns meses me senti atada, e fui eu quem me atei) me livrando de tudo, vem me deixando com uma paz, uma tranqüilidade. Andei por meses na contramão, ou então por mão nenhuma, andei parada, imóvel, como uma estátua, e agora parece que aos poucos vou voltando a andar, talvez não mais na contramão, talvez no caminho da minha sorte, no caminho da minha direção. Por horas penso que tudo foi uma fase, e realmente era só questão de tempo. E foi, só uma fase, e o tempo passou e tudo volta aos poucos ao seu normal. Á um tempo atrás os dias e os meses demoravam a passar, eram duradouros, torturantes e chatos, e agora são tão bons e rápidos, agora que deveriam ser longos, agora que estão tão bons. Mas ao menos estão bons, eu estou bem, estou tranqüila, leve. Só em pensar que estamos na primavera uma alegria enorme, e em pensar que falta pouquíssimo para o verão mais ainda. É está tudo se encaminhando, esta tudo voltado ao normal. Estou voltando a ser gentil comigo.

3 comentários:

R;* disse...

Essa fase de imoblidade realmente é torturante, mas passa, como tudo na vida passa. E não existe melhor fase pra isso do que a primavera, onde tudo floresce e no verão estamos radiante como o sol!
Beeeijoo ;*

Maíra Souza disse...

Oii!
Pois é... É só fase. Vai passar, nem que seja na marra! =p

Ahh a primavera, tão bonita né? Tá meio doida por aqui, mas não perde a beleza. *__*

Obrigada pelo comentário viu?
Claro que vou te seguir também! =)
BjO

Lara Oliveira. disse...

Gostei! Realmente gostei muito do post, e de todo blog em si. Não estou ainda nessa fase tão bonita da primavera, as coisas ainda tendem a se estabilizar pro meu lado :x... Obrigada por passar no meu blog, estou seguindo tbm e estarei aqui mais vezes. Beijos